Livro - O Mago: a Incrível Historia de Paulo Coelho - Fernando Moraes

Novas Idéias Novas Idéias | Estvazio Estvazio Estvazio Estvazio Estvazio
Avaliado em 1 de 5.
Logotipo Extra De 35,90 por

R$ 33,90

até 1x de R$ 33,90 sem juros Extra Comprar na Loja

Compare mais 3 preços em lojas confiáveis:

  • Comparar Preços Casas Bahia por: R$ 33,90
  • Comparar Preços Ponto Frio por: R$ 33,90
  • Comparar Preços Saraiva por: R$ 35,90 6% mais caro

Cupons de desconto relacionados

*alguns podem não ser válidos para este produto

  • Cupom Saraiva

    10% OFF em Livros

    Regras: Exceto livros Didáticos, Importados e Digitais.

    Validade: 6/12/2017

    Ativo Cupom de Desconto
    Pegar Código
  • Saraiva

    10% OFF em Livros

    Regras: Exceto livros Didáticos, Importados e Digitais.

    X

Descrição do Produto

"Sem medo da polêmica, O Mago desnuda o passado de um homem que viveu intensamente os seus anos loucos. Nenhum tema foi proibido e nada foi tratado de maneira superficial: do desbunde em plena onda hippie à conexão com o misticismo, que transformaria a persona do escritor em guru espiritual das massas. Das práticas de satanismo à peregrinação pelo caminho de Santiago de Compostela. Da Sociedade Alternativa à vida de celebridade pop. Das acusações de plágio à consagração em países tão distantes quanto Rússia e Arábia Saudita.Nessa devassa consentida, Paulo Coelho entregou seus 170 diários e um baú de relíquias ao genial jornalista investigativo Fernando Morais, que traçou um retrato preciso e impressionante do maior fenômeno literário já visto no Brasil. Paulo Coelho é o autor mais vendido da língua portuguesa de todos os tempos. Foram mais de 150 milhões de exemplares em mais de 150 países. Seus livros foram traduzidos para nada menos que 66 idiomas.Sobre a natureza chocante das revelações, o biografado revelaria, tempos depois: Com a leitura de O Mago consegui dormir em paz pela primeira vez em muitos anos . Se a exposição frenética de tragédias e fraquezas pode parecer agressiva para muitos, para Paulo Coelho foi libertadora."