Como o dia das mães influencia os e-commerces?

O dia das mães movimenta o e-commerce, seja consumidor ou comerciante, você está preparado?

Como o dia das m es influencia os e commerces 01

Publicado em 14/03/2015 por

Datas especiais, como o Dia das Mães, têm movimentado o comércio eletrônico no Brasil nos últimos anos de forma muito vantajosa. Estas datas estão proporcionando a cada ano um bom aumento de vendas por parte dos e-commerces e melhorado a receita dos comerciantes que aderem a este modo de vendas. Isso torna o varejo online um sonho para todos os tipos de comerciantes, que expandem seus negócios.
As lojas virtuais optam também por melhorar a navegação nos sites, para que os clientes possam gostar do que veem e retornar, além de criar ofertas cada vez mais imperdíveis. A grande vantagem deste tipo de venda parece estar mesmo na facilidade de divulgação e menores gastos que uma loja física pode trazer.

A E-bit, que se especializa em informações sobre o comércio eletrônico do país, divulgou que no ano de 2014 o Dia das Mães movimentou cerca de 1,6 bilhão, somente nos e-commerces. Tal valor de vendas representou um crescimento de mais de 50% em relação à data no ano de 2013, com tíquete médio de 355 reais. Para se ter uma ideia do quão grande pode ser este número, foram realizados cerca de 4,5 milhões de pedidos entre os meses de abril a maio de 2014.
Entende-se que as pessoas não deixam pra comprar somente de última hora, portanto, as vendas e o faturamento não se dão somente no dia das mães, exatamente. O consumidor começa a buscar, pesquisar preços e comprar com alguma antecedência. Essa ação, por parte dos consumidores, faz com que os valores da receita subam ainda mais, em decorrência de uma única data comemorativa.

E quais as categorias de produtos são as mais pesquisadas pelos consumidores na hora de escolher o presente para as mães?

Os e-commerces podem sempre se preparar e investir em categorias de produtos como: Moda e Acessórios, Eletrodomésticos, Perfumaria, Cuidados Pessoais, Saúde, Aparelhos Celulares e Itens de Informática. Pois, no ano de 2014 e alguns anos anteriores estas categorias ficaram a frente nos rankings de direcionamentos das compras. Moda e Acessórios liderou com mais de 40% de compras, no ano passado.
Vale lembrar que, a confiança na economia do país não anda muito bem, porém as lojas varejistas online tendem a crescer, pois costumam oferecer melhores condições de compra para o consumidor. Os e-commerces também exibem boa vantagem por praticarem preços, diversas vezes, mais baixos que os varejistas físicos.
Apesar de uma crescente busca por produtos online para presentear nesta data (e demais datas especiais), os consumidores estão cada vez mais atentos e cautelosos. Os clientes online buscam por produtos que realmente tenham bons preços e procuram por lojas renomadas, que possuem bons conceitos de entrega e segurança.
É importante ressaltar que, e-commerces brasileiros ainda precisam trabalhar alguns pontos de melhoria, para melhor atender às demandas desse 10 de maio de 2015. Algumas dicas importantes podem vir a calhar:

- O site precisa estar limpo e objetivo com destaques aos produtos que realmente combinam com as mães. Isso inclui a retirada de banners, pop-ups e propagandas em excesso;

- Pagamento facilitado e sem muitos passos confusos pode ajudar em muito na finalização da compra;

- O site precisa apresentar variedade de produtos, dentro dos relacionados com o dia das mães, além de variedade na forma de pagamento;

- Um e-commerce precisa estar preparado para a alta demanda de visitantes e conseguir entregar os produtos no prazo estipulado;

- Grande divulgação em redes sociais é importante para pescar o consumidor através de ofertas chamativas e vantagens. As redes sociais para o e-commerce são indispensáveis;

- Preparação da loja para mobile, uma vez que as compras através de mobile estão virando tendência;

- Bom atendimento online e atenção ao cliente nas redes são regras para fidelização. E muito mais!

Curtiu a matéria? Compartilhe!

Até mais.